Pular para o conteúdo principal

Escola de Samba Nações Unidas

Carnaval 2016

A VERDADEIRA VITÓRIA DA NAÇÕES


           Para muitos, este carnaval sem concurso não teve o mesmo brilhantismo que os anteriores. A competição é sim um grande incentivador, mas nossa função é levar ao conhecimento do povo um pouco da nossa cultura, arte e folclore popular.É uma batalha cotidiana que envolve centenas de pessoas e meses de dedicação e compromisso com as nossas raízes. Quem nos acompanha presencialmente ou pelas redes sociais sabe o quanto é árdua a nossa luta nos últimos anos para manter viva as nossas tradições carnavalescas, inclusive pelas dificuldades que nossa agremiação foi acometida por erros do passado.
           Mas aqui estamos mais uma vez! Superando desafios, enfrentando as dificuldades e mostrando que somos capazes de nos regenerar mesmo diante de tantas dores recentes. É isso que nos faz fortes e mantém de pé as nossas tradições. Há muito por fazer, mas quem desacreditou que chegaríamos até aqui pode aguardar que vem surpresas por ai. A nossa escola provou mais uma vez que está unida e firme no propósito. Podemos até não ter alcançado os títulos disputados, mas a nossa maior vitória é conquistada todos os dias. Em cada abraço, em cada aperto de mão, em cada reencontro, em cada carnaval que colocamos na rua.
            A Nações entrou para desfilar em um carnaval sem concurso porque já é formada por uma legião de vencedores. Pessoas simples que vencem as dificuldades cotidianas para chegar a um ensaio, vencem um dia inteiro de trabalho para a noite ajudar no barracão, vencem o cansaço de uma madrugada acordada para empunhar um surdo, vencem os preconceitos para levar adiante a voz do povo.
Somos todos vencedores a cada manhã que acordamos para mais um dia de vida e vestimos a camisa da nossa Sangue Azul sem se importar com aquilo que vão dizer, somos vencedores por saber que nada nessa vida acontece por acaso, somos vencedores pois sabemos nos reinventar a cada empurrão que a vida nos dá.
              Essa comunidade que nos orgulha é formada por vencedores e vencedoras, cientes de seu papel na sociedade e comprometidas com a nossa agremiação.
Obrigado a você vencedor e vencedora. Você é nossa maior vitória, pois faz a Nações ficar a cada dia mais unida!


CARNAVAL 2016





Banda Sem Kerer - Desfile na Avenida das Nações Unidas












Samba-enredo 2015







Enredo: Asteca – O império do Sol
Compositores: Sérgio Gomes, Duda Pagode, Jájá e Gordo

AO NASCER DO SOL
ÁGUIA SOBERANA VEM MOSTRAR
O SINAL QUE OS DEUSES REVELARAM
UM NOVO UNIVERSO A GERMINAR
NASCIA ASSIM,
POVO GUERREIRO COM VALOR
ERAM ASTECAS QUE SURGIAM
O IMPÉRIO DO SOL SE REVELOU

TRANSFORMANDO... A IMAGINAÇÃO
PURA REALIDADE ENTÃO NASCEU
LINDAS CONSTRUÇÕES, INVOCARAM
OS SEUS DEUSES NO SEU APOGEU
SACRIFICIO SOBRENATURAL
BERÇO DE UMA CIVILIZAÇÃO
COM MUITO OURO E AMOR NO CORAÇÃO

NO JOGO, NAS LUTAS GUERREIROS... VENCERAM
COM SUA ARMADURA SAGRADA... PROTEÇÃO
SACRIFICANDO O DEUS SOL E DEUSA LUA
CONTINUANDO UMA NOVA GERAÇÃO

E ASSIM, O EPISÓDIO ACONTECEU
A FORÇA DO JAGUAR QUE ERA TEMIDA
ENFRAQUECEU A SUA PROTEÇÃO
ASSIM SURGIU A EXTINÇÃO

NA AMBIÇÃO DOS ESPANHÓIS
PARA ALIMENTAR SUA GANÂNCIA
TODO IMPÉRIO SE DESMORONOU
COM FOGO DA DESTRUIÇÃO
E O CALENDÁRIO TERMINOU
NO FIM DA ERA SURGE ASSIM UM NOVO TEMPO
A ESPERANÇA FRUTO DO RENASCIMENTO

O MEU MANTO AZUL E BRANCO
MINHA ALMA VERDADEIRA
DA A VOLTA POR CIMA, SACODE A POEIRA
SÃO MUITOS ANOS DE GLÓRIA DA MAIS QUERIDA
EU ME ORGULHO DE SER DA NAÇÕES UNIDAS

Postagens mais visitadas deste blog

1º Festival de Inverno da Vila São José supera expectativas de organizadores

O 1º Festival de Inverno da Vila São José que teve início no último dia 10 e esta sendo realizado na Praça da Cidadania chega ao seu último dia com um saldo positivo e um público acima das expectativas, segundo a idealizadora e diretora de Eventos da ACELC Vila São José, Beatriz Hilário, a Bia uma das responsáveis pelo evento. “A gente não esperava. Na verdade a gente fechou com 15 barracas...e aí foi chegando um pessoal...um falando pro outro e hoje a gente ta com 32 barracas. É uma alegria imensa que eu não sei nem como explicar, tanto que hoje (13/08) se encerra e o pessoal já tá querendo que se estenda até terça-feira, mas como nosso ofício foi feito do dia 10 até o dia 13, não podemos quebrar o protocolo”. O secretário da entidade e ex-presidente da Sociedade de Melhoramentos do Bairro, Diney, aposta na continuidade do festival, mesmo não tendo recursos de patrocinadores ou do Poder Público: “vai se estender assim como a Festa do Frango que começou lá em 2004, que foi uma cria…

R-3 vence o Fogo na bomba e vai à final da Copa Pé no Chão

Com um golaço do meia Bigode o time da R-3 venceu o Fogo na bomba da Vila Natal, e é finalista da 3ª COPA PÉ NO CHÃO. A partida foi realizada no Campo do Unidos do Parque Fernando Jorge. O outro finalista é o Sexy Machine da Vila Esperança, que derrotou o ONE TWO F.C. nas penalidades (6 a 5), depois de empatar no tempo normal por 1 a 1.
                 Depois de um início de jogo equilibrado, num lance de craque do camisa 7 da R-3, Bigode, que chapelou o adversário e emendou de primeira para o gol do excelente goleiro Henrique, a bola ainda fez uma curva no ar antes de entrar na meta do arqueiro do Fogo na bomba. Golaço. O Fogo na Bomba tentava se manter vivo no jogo, mas tinha o seu melhor jogador muito bem marcado, o camisa 7 Mike. Outra estrela do time, o meia Robson (camisa 8), também encontrou dificuldade para chegar ao gol adversário, devido a boa marcação do rival. Com uma maior posse de bola, por conta da boa atuação do camisa 10, Everton, o R-3 teve as melhores chances do j…

Vila Nova completa 66 anos

Bairro da Vila Nova Cubatão completa 66 anos no próximo dia 04 de Fevereiro. Sociedade de Melhoramentos e Administração Municipal cogitaram reativar a Festa da Banana mesmo que em proporções menores, mas acabaram desistindo do evento por falta de recursos.