domingo, 8 de dezembro de 2013

15ª Conferência da Saúde termina com polêmicas e Conselho eleito parcialmente

            A 15ª Conferência Municipal da Saúde teve no seu segundo dia que aconteceu na Escola Lorena a apresentação das propostas colhidas nas pré-conferências, onde a plenária formada pelos delegados eleitos mais os delegados natos discutiram e selecionaram as que forma consideradas ideais para serem encaminhadas à Secretaria de Saúde. O evento contou com a presença do secretário de Saúde, Carlos Alberto Yoshimura, o vereador Ivan Hildebrando, presidente da Comissão de Saúde da Câmara além dos membros do Conselho Municipal de Saúde representados pelo presidente, Leônides Gregório da Silva.

                                                          Saúde do trabalhador

A Conferência teve um momento de tensão, quando os sindicalistas Luis e Maraca acusaram a Mesa Diretora de não terem incluído as propostas feitas nas Pré-conferências de Saúde do Trabalhador, se retirando logo em seguida (Maraca retornou no final), enquanto o presidente do Conselho, Leônides, afirmava de forma enfática que não era verdade e solicitou que fossem trazidas as propostas originais, já que muitas foram fundidas. Posteriormente foi demonstrado pela Mesa Diretora que as propostas de Saúde do Trabalhador haviam sim sido incluídas, sendo as seguintes:

  • 29 do subgrupo E – Humanização – Informatizar o mais rápido possível os prontuários, nas UBS, PSF, Pronto Socorros, Caps Alcool e Drogas, Caps Saúde Mental e Policlínica.
  • 4 do subgrupo F – Financiamento – Que os recursos geridos da Saúde do trabalhador sejam geridos pela própria Saúde do trabalhador e não sejam terceirizados.
  • 5 do subgrupo F – Financiamento – Que na renovação do contrato de gestão do Hospital não possa mais quarteirizar seus funcionários.

Conselheiros para o Biênio 2014/2015

No final houve a eleição dos novos conselheiros para o Biênio 2014/2015 com uma nova polêmica, já que dois dos candidatos indicados ( Wellington Mendonça e Manoel Tavares) se inscreveram após a data limite estabelecida. O presidente do Conselho, Leônides, que coordenava os trabalhos decidiu que o plenário deveria decidir sobre a legalidade das candidaturas ou não, fato que irritou alguns delegados presentes que alegaram que era de responsabilidade da Mesa Diretora. A candidatura dos dois acabou sendo validada, porém segundo o presidente cabe recurso dos outros candidatos que se considerarem prejudicados.
Houve também ausência de alguns candidatos que foram indicados e o Conselho foi obrigado a homologar apenas os que estavam presentes, cabendo as outras cadeiras serem preenchidas através de convite, explica o presidente. Três vagas precisaram ser colocadas em disputa pelos candidatos, Regina Maria Catira – SINSPREV, Salete Silva dos Santos - SINASA, Márcio Asenha de Freitas – ALO, Silvia Helena Pires – Liga Desportiva de Cubatão, Manoel Tavares Pinho Filho – SINTRASAÚDE e Wellington Machado de Mendonça – CREFITO. Apurados os votos foram eleitos Manoel Tavares, Márcio Asenha e Wellington Mendonça.

Conselheiros eleitos na 15ª Conferência Municipal de Saúde de Cubatão


  • Leonides Gregório da Silva – Sociedade de Melhoramentos da Vila Nova
  • Paulo Luiz de Souza – Sociedade de Melhoramentos do Jardim 31 de Março
  • Valdemir Torres – Associação Comunitária da Vila CAIC
  • Manoel Serpa Pinto Neto – Pastoral DST/AIDS
  • Ademir Pires – Associação Ecológica do Litoral Paulista – AELP
  • Manoel Pereira de Lima – Sind. Dos Trabalhadores nas Ind. Químicas Farmacêuticas e de Fertilizantes
  • Manoel Tavares Pinho Filho – SINTRASAÚDE
  • Márcio Asenha de Freitas – Associação Litorânea de Odontologia – ALO
  • Wellington Machado de Mendonça – Conselho Regional de Fisioterapia - CREFITO
  • Alessandro - CADEQ