Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Vereador pede melhorias para Praça Dona Miquelina Domingues

A Praça Dona Miquelina Domingues que fica localizada na confluência das Ruas Monte Castelo, 13 de Maio e Avenida Cruzeiro do Sul na Vila Nova foi tema de requerimento do vereador Jair do Bar na sessão do dia 16/06 na Câmara. O edil solicitou melhorias para o logradouro.




                                              Quem foi Dona Miquelina Domingues?
                Miquelina Domingues nasceu em Portugal no dia 15 de maio de 1860. Migrou para o Brasil em 1877, instalando-se em Cubatão. Foi uma mulher dinâmica, que muito contribuiu para o progresso cubatense, em virtude das inúmeras atividades que exerceu. Dedicou-se inicialmente à criação de gado, usando como pastagem o local onde atualmente está instalada a Refinaria Presidente Bernardes. Paralelamente, trabalhava nas áreas de mangue, cortando lenha e colhendo folhas típicas dessa região lamacenta, fornecendo-as para a Cia. J. B. Duarte, que as aproveitava para fazer tinturas, em virtude de suas propriedades resinosas e …

Divulgada foto de estuprador

Márcia Rosa perde seus direitos políticos

Márcia Rosa tem confirmada a rejeição das contas da sua Administração do exercício de 2011 por 5 votos pela manutenção do parecer do Tribunal de Contas contra 6 pela rejeição do parecer. Apesar de ter conseguido a maioria dos votos foram insuficientes para reverter o quadro, onde era necessário 8 votos (2/3 da maioria). Sendo assim a prefeita petista fica sem poder se candidatar a um cargo público por 8 anos. Os vereadores que foram a favor do parecer que rejeitou as contas da prefeita e a tornou inelegível foram: Ademário, Dinho, Aguinaldo Araújo, Ivan Hildebrando e Doda. Os vereadores que votaram pela rejeição do parecer e a favor da prefeita foram: César Nascimento, Jair do Bar, Fábio Rouxinho, Ricardo Queixão, Fábio Moura e Wagner Moura. Durante a leitura do parecer pelo 1º Secretário da Mesa, o vereador Ademário, houve várias manifestações do público presente, muitos utilizando apitos.

Sessão volta a ser paralisada

A Sessão da Câmara foi novamente paralisada por conta da votação do parecer do Tribunal de Contas que rejeitou as contas de 2011 da atual administração. Dos 9 vereadores presentes quatro se retiraram (Jair do Bar, Ricardo Queixão, Fábio Moura e Wagner Moura), todos da base de sustentação do atual governo. Fábio Roxinho e César Nascimento não compareceram à sessão. Segundo o assessor jurídico da Câmara, Roberto Faro Mello, o documento voltará a ser votado na próxima sessão: “o documento tem que ser votado no mínimo em 60 dias, já passou. Tem mais de 120 dias”. Quanto à obstrução Mello informa que é um direito do vereador, podendo obstruir quantas vezes achar que deve. Estiveram presentes na sessão além dos vereadores que se retiraram: Aguinaldo Araújo, Ademário, Dinho, Ivan e Doda. Desempregados e Briga jurídica
    Apesar da curta duração da sessão as galerias estavam lotadas na sua maioria formada por desempregados, que compareceram com faixas com dizeres pedindo emprego nas indúst…