segunda-feira, 12 de março de 2012

Festa da Banana começa tímida, mas termina com o público pedindo BIS

           A 9ª Festa da Banana começou de uma forma bem tímida em termos de comparecimento, muito por conta do forte calor que fez durante a maior parte do dia no último domingo, o que prejudicou a apresentação de alguns grupos, que se apresentaram para poucos espectadores. O público começou a dar as caras bem mais tarde em comparação às outras edições da festa. Vários grupos de jovens evangélicos foram vistos na festa usando camisas das suas respectivas igrejas dando um colorido a mais a festa, enquanto faziam evangelização. Esses mesmos jovens foram responsáveis em animar a todos enquanto acompanhavam o show da Banda Bálsamo que fez a galera dançar em vários ritmos com letras de louvores. Houve também a apresentação de grupos de dança, a Banda Conexão Vida, a Orquestra de Violões de Mongaguá foi uma atração a parte tocando vários sucessos conhecidos da mpb e da música Internacional. Outro ponto alto da festa foram as apresentações da Escola de Samba Nações Unidas, da Banda Jack Daniel’s e do Grupo Tempero que fizeram o público balançar sem parar.
Concursos
            A Diretoria da SMBVN resolveu trazer de volta nessa edição da Festa da Banana os concursos de barraca mais enfeitada, o melhor prato a base de banana e também lançou a competição de quem come mais banana. Esse último acabou não vingando e acabou não sendo realizado por causa do baixo número de inscritos. Confira as entidades vencedoras da barraca mais enfeitada e do melhor prato a base de banana:
Barraca mais enfeitada:
1º - Igreja Sinos de Belém
2º - Igreja Assembléia de Deus
3º - Lar Fraterno
Melhor prato a base de banana:
1º - Ong Kerigma
2º - Ministério Evangélico Cântico Novo
3º - Associação em Defesa da Vida Nascente e da Família

Márcia Rosa prestigia a festa

                  A prefeita Márcia Rosa esteve presente na festa junto com alguns dos seus secretários e cumprimentou vários populares. Outra autoridade que compareceu ao evento foi o presidente da Câmara, vereador Donizeti, que erroneamente foi citado pela prefeita como o autor da lei que oficializou a Festa da Banana, quando na verdade a lei foi de autoria do ex-vereador João Mineiro.



14 BIS une gerações

                A grande atração da festa, a Banda 14BIS, superou as expectativas com o seu repertório que ia do romântico ao rock fazendo a multidão cantar e dançar.  O público era formado por pessoas de várias faixas etárias, ao contrário dos shows passados onde os jovens eram a maioria indiscutível, havia muitos quarentões e cinqüentões pulando no melhor estilo rock in roll ao som de sucessos da banda mineira.