quinta-feira, 30 de março de 2017

Negociações não avançam e servidores mantêm a greve

             
               Representantes da Sispuc e Associação dos Professores Municipais ficaram mais de 3 horas reunidos com representantes do Governo Municipal na Prefeitura, mas não chegaram a um acordo. Os líderes da Manifestação tinha como única meta a retirada imediata por parte da Prefeitura, do Projeto de Lei que trata da Reforma Administrativa e fere os direitos dos servidores. A Prefeitura, segundo os sindicalistas,apenas propôs não retirar a Cesta Básica de quem não recebe até o teto proposto, ampliar o direito de faltas de 6 para 9 para funcionárias gestantes e anistiar os dias que os funcionalismo permaneceu em greve. Diante dos fatos os servidores dos dois sindicatos votaram pela continuação da greve.