Pular para o conteúdo principal

CUBATÃO DANADO DE BOM

               *Depois do sucesso do projeto Cubatão Danado de Bom, onde a idéia central é resgatar a cultura nordestina desde seus costumes até a culinária e tradições como um todo, a cidade de Cubatão, a região da Costa da Mata Atlântica e o estado de São Paulo, podem comemorar a altura das grandes festas nordestinas que ocorrem na região norte e nordeste do país.Precisa ter coragem para encarar desafios e foi com determinação que a administração abocanhou o projeto de Cultura Nordestina e o transformou no primeiro PRODUTO TURÍSTICO do estado com característica diferenciada e específica. Focamos e enaltecemos a importância de um povo que há muito vem desbravando espinhos em nome de um progresso e se faz jus uma homenagem de tamanha envergadura, pois basta de tanta descriminação e falta de apoio para um segmento da sociedade que, com humildade, mas com força e garra, sempre se mostrou aguerrido e pronto para as batalhas do dia a dia. Saímos do ostracismo que a cidade não é turística ou não oferecia alternativas para se considerada turística, basta lembrarmos que temos na amada Cubatão um enorme pedaço da mata atlântica com toda a sua reserva natural e uma biodiversidade jamais encontrada em cidade da região e para mostrarmos essa grandeza natural, precisávamos de algo que fosse forte e tivesse raízes e/ou identidade e foi com maestria e organização que Cubatão Danado de Bom se mostrou gigante, belo e alegre, mas com a certeza que tudo é um começo de uma longa estrada a ser percorrida , pois é inadmissível a cidade não receber verba do DADE; (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias) e não sermos contemplados pelo estado, através da Agem; (Agencia Metropolitana da Baixada Santista) ou Condesb; (Conselho de Desenvolvimento da “Região Metropolitana da Costa da Mata Atlântica”), na agenda financeira e também na distribuição de diversas atividades em regiões turísticas.Cubatão está de portas abertas para o desenvolvimento e começa a mostrar com um olhar humilde e respeitador para as outras cidades, mas com elegância e competência para dizermos que também existimos e queremos estar todas juntas, afinal é longa a luta para sermos, de fato, uma região metropolitana.

Antonio Simões/Koquinho Guerreiro
Assistente Social e pós-graduando em Gestão de Projetos.
Fone: 30259005

*O artigo é de responsabilidade do seu autor, não sendo propriamente a opinião do blog.

Postagens mais visitadas deste blog

1º Festival de Inverno da Vila São José supera expectativas de organizadores

O 1º Festival de Inverno da Vila São José que teve início no último dia 10 e esta sendo realizado na Praça da Cidadania chega ao seu último dia com um saldo positivo e um público acima das expectativas, segundo a idealizadora e diretora de Eventos da ACELC Vila São José, Beatriz Hilário, a Bia uma das responsáveis pelo evento. “A gente não esperava. Na verdade a gente fechou com 15 barracas...e aí foi chegando um pessoal...um falando pro outro e hoje a gente ta com 32 barracas. É uma alegria imensa que eu não sei nem como explicar, tanto que hoje (13/08) se encerra e o pessoal já tá querendo que se estenda até terça-feira, mas como nosso ofício foi feito do dia 10 até o dia 13, não podemos quebrar o protocolo”. O secretário da entidade e ex-presidente da Sociedade de Melhoramentos do Bairro, Diney, aposta na continuidade do festival, mesmo não tendo recursos de patrocinadores ou do Poder Público: “vai se estender assim como a Festa do Frango que começou lá em 2004, que foi uma cria…

Vila Nova completa 66 anos

Bairro da Vila Nova Cubatão completa 66 anos no próximo dia 04 de Fevereiro. Sociedade de Melhoramentos e Administração Municipal cogitaram reativar a Festa da Banana mesmo que em proporções menores, mas acabaram desistindo do evento por falta de recursos.

Parabéns Vila Nova

Vila Nova Cubatão completa hoje 66 anos.